Últimos Poemas

Últimos Poemas - Pablo Neruda | Hoshan.org Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Pablo Neruda
DIMENSÃO
6,25 MB
NOME DO ARQUIVO
Últimos Poemas.pdf
ISBN
7581385510593

DESCRIÇÃO

“Foi tão belo viver enquanto vivias”Intimamente o poeta conversa com o mar e suas di­ferentes formas. O sino ainda quer cantar. O peso dos anos e a doença aproximam-no da melancolia. A morte transparece e está presente. Mas Pablo Neruda (1904-1973) reafirma a fé na palavra, sua ferramenta, memó­ria, esperança. Este livro, o último escrito pelo poeta, foi concluído em seu leito de morte, em setembro de 1973.A grande voz de Neruda se levanta pela última vez, cheia de nostalgia e melancolia, mas como que­rendo condensar nestes últimos poemas o sentido de toda a sua obra. Na sua leitura, poderíamos dizer, como o poeta à sua amada Matilde: “Foi tão belo viver enquanto vivias”. Cover design or artwork by Pinheiro Machado, Ivan

A morte transparece e está presente. Mas Neruda reafirma a fé na palavra, sua ferramenta, memória, esperança.

Conheça estes e outros temas em Poetris. O Último Poema Assim eu quereria o meu último poema. Que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais Que fosse ardente como um soluço sem lágrimas Que tivesse a beleza das flores quase sem perfume A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos A paixão dos suicidas que se matam sem explicação.

LIVROS RELACIONADOS