Neil Young - a Autobiografia

Neil Young - a Autobiografia - Young,Neil | Hoshan.org PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro sobre hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Young,Neil
DIMENSÃO
9,1 MB
NOME DO ARQUIVO
Neil Young - a Autobiografia.pdf
ISBN
6714669533617

DESCRIÇÃO

Paz, amor e rock'n'rollAutobiografia de Neil Young revela, entre muitas declarações e imagens pessoais, facetas inusitadas do compositor e guitarrista canadense, autor das canções Heart of gold e Harvest moon Lenda do rock e do folk, criador do Buffalo Springfield, líder da banda Crazy Horse, parceiro de Crosby, Nash e Stills, um dos maiores guitarristas de todos os tempos e um dos músicos mais influentes de sua geração. Ao longo do último meio século, o cantor e compositor Neil Young construiu uma carreira de sólido sucesso nos Estados Unidos e no resto do planeta. O lançamento mundial "Neil Young – A autobiografia", no entanto, revela uma personalidade multifacetada – para muito além do que os fãs de sua música poderiam imaginar. O livro chega às livrarias do mundo todo a partir de 25 de outubro de 2012, numa edição cheia de histórias particulares e mais de 40 fotos pessoais da lenda do rock.Colecionador de automóveis e especialista em modelismo ferroviário (é dono de uma empresa do ramo), há anos Young investe e trabalha num projeto de carro elétrico. Não qualquer carro, mas o chamado Lincvolt, um gigantesco Lincoln Continental movido a energia renovável e limpa (Young sonha em ser sustentável sem prejuízo para a paixão americana por carrões). O compositor também desenvolve, às próprias custas, a PureTone, alternativa digital à tecnologia dos MP3, capaz de distribuir música online e de proporcionar para o consumidor final um som com qualidade similar à dos discos de vinil. Young escreveu de próprio punho uma narrativa fragmentada, com o vai e vem aleatório das recordações determinando a ordem em que as histórias são apresentadas. É por meio desses flashes do passado, e por constantes divagações do autor acerca do presente e do futuro, que o leitor toma contato com essa impressionante diversidade de interesses do artista. Da mesma maneira, episódios marcantes vêm à tona fora de ordem cronológica, exclusivamente ao sabor da inspiração do momento. Os parceiros na música, as grandes amizades, os amores, a paixão pela esposa Pegi e pelos filhos Zeke, Ben e Amber, entre muitos outros temas, vão surgindo conforme avança o fluxo da memória do autor. Como um pungente solo de guitarra de Neil Young, sua autobiografia parece nos envolver e nos transportar para um outro lugar, um outro tempo – o tempo do sonho hippie de paz, amor e rock'n'roll.

De certa forma, o fã curioso sairá decepcionado da leitura. Neil Young: A Autobiografia mais parece um grande diário pessoal disponibilizado ao público do que qualquer outra coisa. Não há uma análise profunda sobre a carreira musical de Neil Young e nem nada nessa linha, e isso pode ser um balde de água fria para muita gente. Parcelamento no cartão de crédito.

E por isso, talvez seja o mito que é. Nesta autobiografia, ele conta sobre canções, miniaturas de trens, mp3, família, músicas, carros, shows etc.

LIVROS RELACIONADOS