Trabalhando com Jogos Cooperativos

Trabalhando com Jogos Cooperativos - Correia,Marcos Miranda | Hoshan.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Correia,Marcos Miranda
DIMENSÃO
11,9 MB
NOME DO ARQUIVO
Trabalhando com Jogos Cooperativos.pdf
ISBN
4870319242443

DESCRIÇÃO

Esse livro resultou da inquietação do autor em relação à dicotomia existente no ensino de educação física: se a cooperação é um comportamento tão valorizado nos discursos dos educadores, por que, muitas vezes, não é privilegiado nas práticas escolares? O livro discute as possibilidades e os limites dessa proposta pedagógica no contexto escolar da educação física, mostrando como a adoção de jogos cooperativos pode contribuir para o pleno desenvolvimento das habilidades sociais dos alunos. Fundamentado na literatura da área, Marcos Miranda demonstra a importância de que se cultive a cooperação, com a conseqüente modificação de práticas, conceitos e valores competitivos comumente encontrados na escola. O livro oferece ainda um conjunto de atividades, como sugestão para os professores, que pode servir para iniciar um trabalho que valorize a cooperação. As atividades apresentadas são abertas e podem ser modificadas de acordo com o contexto e as vivências de professores e alunos, caracterizando assim um processo de aprendizagem ativa.

Marcos Miranda ... Portal do Professor - Jogos cooperativos - Desenvolver a criatividade e permitir uma maior socialização, por meio da integração entre competição e cooperação; Compreender como vencer ou perder fazem parte do cotidiano. Jogar sozinho é legal, mas existem momentos que receber uns amigos ou jogar pela internet também pode ser bem divertido. Caso você tenha um player 2 na vida (olha o Dia dos Namorados chegando!) ou esteja apenas procurando jogos cooperativos pra jogar com seus amigos, nós temos uma lista pra você.

Nesse sentido Brotto (2001) assina que joga-se para superar desafios e não para derrotar os outros; joga-se para se gostar do jogo, pelo prazer de jogar. O jogo proposto pela professora é responsável por esse trabalho mental. As atividades incentivam a percepção da criança com a resolução de problemas.

LIVROS RELACIONADOS