A Nova Reforma Ortográfica da Língua Portuguesa

A Nova Reforma Ortográfica da Língua Portuguesa - Torrano,Luiz Antonio Alves | Hoshan.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Torrano,Luiz Antonio Alves
DIMENSÃO
4,86 MB
NOME DO ARQUIVO
A Nova Reforma Ortográfica da Língua Portuguesa.pdf
ISBN
1354431776928

DESCRIÇÃO

O novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa passou a viger em l2 de janeiro de 2009. Trouxe ele inúmeras dúvidas, principalmente quanto ao uso do hífen.Neste manual, que tem por objetivo expor de forma didática as inovações trazidas pelo Acordo, você encontra as regras derivadas da inclusão das letras k, w e y no alfabeto da língua portuguesa, nova acentuação, uso das letras maiúscula/minúscula e do apóstrofo, bem como emprego do hífen e queda do trema, com sua manutenção nas palavras de origem estrangeira. Também aqui estão, na íntegra, os textos legais pertinentes às regras do Acordo Ortográfico.

Desta vez, em 1975, quando Portugal não aceitou a imposição de novas regras ortográficas. Somente em 1986, estudiosos dos dois países voltaram a tocar na reforma ortográfica tendo, pela primeira vez, representantes de outros países da comunidade de língua portuguesa. Artigo sobre o que mudou na língua portuguesa com o novo acordo ortográfico, explicado de uma forma de fácil compreensão. as regras ortográficas do português sofrem alterações.

No início da 7.ª Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Fernando Haddad apontou o acordo como uma peça-chave da cooperação com os países africanos. A língua portuguesa parece bem complicada, principalmente com a nova reforma ortográfica. As novas regras devem unificar a ortografia oficial e do ensino de todos os países que fazem parte da CPLP, Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, como Portugal, Brasil, São Tomé e Príncipe, Cabo verde, Timor Leste. Por obrigatório, entende-se que a escrita formal que não utilizar as regras propostas na reforma ortográfica, será considerada "incorreta".

LIVROS RELACIONADOS