Sentimentos Econômicos - Adam Smith, Condorcet e o Iluminismo

Sentimentos Econômicos - Adam Smith, Condorcet e o Iluminismo - Rothschild,Emma | Hoshan.org Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Rothschild,Emma
DIMENSÃO
8,34 MB
NOME DO ARQUIVO
Sentimentos Econômicos - Adam Smith, Condorcet e o Iluminismo.pdf
ISBN
1027833215379

DESCRIÇÃO

Numa brilhante recriação do período entre 1770 e 1820, Emma Rothschild reinterpreta as idéias dos mais revolucionários economistas para traçar um esboço da situação sócio-política e as conseqüências para as relações intereconômicas dos dias de hoje. SENTIMENTOS ECONÔMICOS alterna textos de Adam Smith e Condorcet com ideais do Iluminismo e sua sutil influência no pensamento político atual. Adam Smith é considerado o pai da economia política e, especialmente, do liberalismo econômico. Entre suas principais idéias estão as noções de que a fonte de toda riqueza é o trabalho e de que os governos devem conceder total liberdade à produção nacional e ao comercio internacional. O marquês de Condorcet, filósofo, matemático e político francês, ligado a D""Alembert, Voltaire e, principalmente, Turgot, ficou conhecido por elaborar um plano de organização da instrução pública e um projeto de Constituição que não saíram do papel, pois estavam muito além de seu tempo. SENTIMENTOS ECONÔMICOS reexamina os dois economistas, contrapondo suas idéias e os analisando à luz do capitalismo neoliberal. Ressalta suas idéias a respeito de um capitalismo de face mais humana, como teria surgido no início da modernidade, e como, sugere a autora, poderia surgir outra vez. Rothschild estabelece criteriosas ligações entre Smith e o filósofo francês Condorcet, principalmente no campo das idéias sócio-econômicas. O livro acompanha as últimas disputas político-econômicas sobre a sociedade comercial do século XVIII. Tudo isso para mostrar como a política e a economia estavam intrinsecamente relacionadas entre si e com os ideais políticos do Iluminismo. Um marco na história das idéias políticas e econômicas, SENTIMENTOS ECONÔMICOS nos traz as origens do laissez-faire e suas relações com o pensamento econômico e o conservadorismo político de um mundo tumultuado. Fazendo isso, Rothschild lança nova luz aos tempos modernos. Emma Rothschild, diretora do Centro de História e Economia da Universidade de Cambridge, nasceu em Londres em 1948 e formou-se em Oxford. Professora e pesquisadora, atuou no MIT e na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris. Publicou The Rise and Fall of Historical Political Economy, Science and Technology in the New Socio-Economic Context e Paradise Lost: The Decline of the Auto-Industrial Age. É casada com o economista Amartya Sen. "Brilhante, esclarecedora e irresistível reinterpretação de Adam Smith e Condorcet." Los Angeles Times "Um lúcido relato histórico de uma das maiores conquistas do Iluminismo europeu: a aplicação da nova ciência _ a economia política _ à resolução de problemas concretos." The Economist "(...) Rothschild desmonta, com autoridade, o estereótipo do Iluminismo como um período dominado por frios racionalistas." New Yorker

Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Numa brilhante recriação do período entre 1770 e 1820, Emma Rothschild reinterpreta as idéias dos mais revolucionários economistas para traçar um esboço da situação sócio-política e as conseqüências para as relações intereconômicas dos dias de hoje.

O livro alterna textos de Adam Smith e Condorcet com ideais do Iluminismo e sua sutil influência no pensamento ... Sentimentos econômicos book. Read 9 reviews from the world's largest community for readers.

LIVROS RELACIONADOS