Cumulação Eventual De Pedidos -Art. 326 do CPC Sem Segredos - 2ª Ed. 2019

Cumulação Eventual De Pedidos -Art. 326 do CPC Sem Segredos - 2ª Ed. 2019 - Tjader,Ricardo Luiz da Costa | Hoshan.org Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Tjader,Ricardo Luiz da Costa
DIMENSÃO
4,14 MB
NOME DO ARQUIVO
Cumulação Eventual De Pedidos -Art. 326 do CPC Sem Segredos - 2ª Ed. 2019.pdf
ISBN
8956428510474

DESCRIÇÃO

"O livro trata de forma detalhada do instituto da cumulação eventual de pedidos, que permite a apresentação na petição inicial de outro (ou outros) pedido para que seja examinado e decidido pelo juiz, quando entender que não é possível o acolhimento do primeiro pedido (por exemplo, em casos como de inépcia parcial da inicial quanto ao primeiro pedido ou de sua improcedência).O autor, na petição inicial, fornece ao julgador, e a si próprio, mais de uma forma de solução e satisfação da sua situação jurídica não resolvida, mas de tal forma que somente uma delas é que pode ser deferida pela decisão judicial.É importante destacar que a tutela de um pedido impossibilita e exclui a do outro, como uma consequência natural, obrigatória e inafastável.A utilização do instituto da cumulação eventual de pedidos aumenta a área de abrangência do pedido, tornando mais amplo o pedido, com maiores possibilidades de atendimento do interesse do autor, em vir­tude de ser dado ao julgador maior número e maior variação de formas jurídicas de satisfação da pretensão do autor.Evidentemente, a utilização deste instituto exige do advogado seu conhecimento em todos os seus aspectos, de forma a permitir que a redação da petição inicial seja perfeitamente apta para viabilizar o pro­cessamento e julgamento do feito, no referente a todos os seus pedidos (dois ou mais), de maneira que exista efetiva possibilidade de ser satis­feita a pretensão da parte autora.O livro viabiliza a busca do conhecimento de todos os segredos do instituto, de forma a viabilizar a sua correta, adequada e vantajosa utili­zação, pelos profissionais da área jurídica, sem se esquecer a possibili­dade do enriquecimento da cultura jurídica.

Neste caso, o autor formula um pedido em ordem subsidiária... Comissão de permanência. Cumulação.

Em pleito subsidiário(NCPC, art. 326), requereu-se tutela de sorte a possibilitar o parcelamento do débito em 120(cento e vinte) parcelas sucessivas e mensais, porquanto há, na Lei Federal aqui tratada, dispositivo que concede essa benesse a 10ª Ed. Cumulação eventual: 326.

LIVROS RELACIONADOS