O Brasil e o Combate À Apatridia No Sistema Interamericano de Proteção Dos Direitos Humanos

O Brasil e o Combate À Apatridia No Sistema Interamericano de Proteção Dos Direitos Humanos - Reis,Ulisses Levy Silvério Dos | Hoshan.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Reis,Ulisses Levy Silvério Dos
DIMENSÃO
6,59 MB
NOME DO ARQUIVO
O Brasil e o Combate À Apatridia No Sistema Interamericano de Proteção Dos Direitos Humanos.pdf
ISBN
8797201593837

DESCRIÇÃO

Até agora, não temos conhecimento de que um ser da nossa espécie humana nasceu fora do planeta terra. Neste planeta tão habitado não existe mais terra incógnita, pois todas as suas partes pertencem a algum Estado. Portanto, todo ser humano nasceu em algum Estado. Neste sentido, não há extraterrestres, pessoas sem vínculo objetivo a um país, embora tal palavra carregue a acepção de unidade geográfica. No entanto, temos – demais – “pessoas sem Estado” (stateless persons), que sofrem exclusão pelo fato de que não conseguem, por não disporem de carteiras de identidade, passaportes ou papelada semelhante, acessar serviços de educação e saúde (o SUS brasileiro é uma exceção louvável), ter contas-corrente, ter carteiras de trabalho assinadas e muito mais. Se os Estados não se recusassem a cumprir o princípio de ius soli, também analisado na presente obra e segundo o qual todo indivíduo tem, pelo menos, direito à nacionalidade daquele Estado em que nasceu, o problema descrito simplesmente não existiria. Tal direito ao reconhecimento de um vínculo com a terra, criado pelo simples fato do nascimento naquele lugar, parece ser o direito humano mais natural que é possível imaginar. Porém, no mundo jurídico positivista em que vivemos, aplique-se a ficção poderosa de que o ser humano deve pertencer a uma pessoa jurídica chamada Estado, soberano em definir quem são os seus nacionais. Por motivos diferentes, os Estados não querem ratificar a ideia de que são obrigados a conceder a sua nacionalidade a qualquer indivíduo que veio à luz no seu território.

Uma identidade híbrida Norte-Sul lhe permite defender os interesses do mundo em desenvolvimento e, ao mesmo tempo, ser ouvido pelas grandes potências. Milhares de livros encontrados sobre reis ulisses levy brasil e o combate a apatridia no no maior acervo de livros do Brasil. Encontre aqui obras novas, exemplares usados e seminovos pelos melhores preços e ofertas. os demais instrumentos de proteção dos direitos fundamentais.

*FREE* shipping on qualifying offers. Brasil e o Combate a Apatridia no Sistema Interamericano de Protecao dos Direitos Humanos, O Em 1959, foi criada a Comissão Interamericana de Direitos Humanos e em 1969 foi adotada a Convenção Americana sobre Direitos Humanos - também conhecida como Pacto de São José da Costa Rica -, que estruturou o sistema interamericano e previu a criação de uma Corte Interamericana de Direitos Humanos. Comprar O brasil e o combate a apatridia no sistema interamericano de protecao dos direitos humanos lumen juris Descontos de até 30% Em até 12x sem juros Retire em 2h A Melhor Oferta é no Extra O Brasil e o Combate à Apatridia no Sistema Interamericano de Proteção dos Direitos Humanos: Amazon.es: Ulisses Levy Silvério dos Reis: Libros Selecciona Tus Preferencias de Cookies Utilizamos cookies y herramientas similares para mejorar tu experiencia de compra, prestar nuestros servicios, entender cómo los utilizas para poder mejorarlos, y para mostrarte anuncios. Open O Brasil e o combate à apatridia no sistema de proteção dos direitos humanos.

LIVROS RELACIONADOS