Bom-crioulo - Col. Prestigio

Bom-crioulo - Col. Prestigio PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro sobre hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
DIMENSÃO
12,96 MB
NOME DO ARQUIVO
Bom-crioulo - Col. Prestigio.pdf
ISBN
4053894018363

DESCRIÇÃO

Escravo fugido e marinheiro, capaz de esmagar um homem com as mãos e de suportar firme os castigos físicos impostos aos marujos; capaz de momentos de grande rebeldia e de abrandar-se no minuto seguinte a um simples olhar de Aleixo, a quem devota um sentimento puro instintivo como o dos animais. Esse é Bom-Crioulo, uma massa de músculos vigorosos, de nervos sempre à flor da pele e de um imenso coração. A obra causou grande escândalo na época em que foi escrita - 1895. O tema é a segregação sexual, com as perversões decorrentes, em ambientes reclusos, exclusivamente masculinos ou femininos, internatos, casernas e outros.

Estava outra, muito outra com o seu casco negro, com as suas velas encardidas Bom-Crioulo, publicado em 1895, é dividido em 12 capítulos, onde a ação se passa na segunda metade do século XIX, no Rio de Janeiro.Destacam-se o espaço aberto, normalmente dias claros e quentes, o mar aberto, e o espaço fechado do quartinho de Amaro. Boa parte da força e da eficácia de Bom-Crioulo está no manejo lúcido que o autor faz desses conflitos, escolhendo o quê, quando e ... Livraria Online - BOM-CRIOULO, de Adolfo Caminha.

É nessa nova etapa da vida que conhece Aleixo. BOM-CRIOULO Adolfo Caminha I A velha e gloriosa corveta — que pena! — já nem sequer lembrava o mesmo navio d'outrora, sugestivamente pitoresco, idealmente festivo, como um galera de lenda, branca e leve no mar alto, grimpando serena o corcovo das ondas!... bom crioulo adolfo caminha - serie outras leituras Vendido por LT2 Shop E em meio ao cenario de castigos corporais a que eram submetidos, por indisciplina, os marinheiros engajados na Armada Imperial do Brasil que se da a tragedia do marinheiro negro Amaro. Mas Bom-Crioulo começou, de repente, a emagrecer, a achar-se fraco e com dor no peito, esquisitamente sonolento após qualquer esforço. Seu afeto ao menino já não era lúbrico nem tão ardente: confiava que Aleixo jamais se entregaria a outro homem, afinal, há um ano estavam juntos.

LIVROS RELACIONADOS