Rua do Odéon

Rua do Odéon - Monnier,Adrienne | Hoshan.org PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro sobre hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Monnier,Adrienne
DIMENSÃO
9,55 MB
NOME DO ARQUIVO
Rua do Odéon.pdf
ISBN
1938133641960

DESCRIÇÃO

De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau, André Breton, Walter Benjamin e James Joyce. O local funcionava também como editora, e uma de suas publicações em especial teve grande repercussão: a primeira edição em francês do romance Ulisses, de Joyce, em 1929. Os textos que compõem este livro constituem uma espécie de relato fragmentado da trajetória dessa livraria, de suas várias atividades e de alguns de seus frequentadores. Autorretrato de uma mulher apaixonada, culta e que soube reunir em torno de si um fascinante grupo de intelectuais, Rua do Odéon é, acima de tudo, uma homenagem à literatura.

Este apartamentoé composto de um charmoso salão com parquéno piso é janelas é vista sobre rua. Este salão mobiliado et equipado para uma agradável estância : televisaõ, mesinha, secretária, roupeiro, prateleira, armário, 1 cadeira(s), 1 sofá-cama. Camila Faria 01/02/2018 Adrienne Monnier foi a livreira que criou e comandou a Maison des Amis des Livres, entre 1915 e 1951, na Rue de l'Odéon em Paris (a mesma rua da Shakespeare & Company, da norte-americana Sylvia Beach, sua grande amiga/companheira). De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau, André Breton, Walter Benjamin e James Joyce. De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau, André Breton, Walter Benjamin e James Joyce. De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau Dirce Waltrick do Amarante Especial para o Jornal Opção.

De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau, André Breton, Walter Benjamin e James Joyce. De 1915 a 1951, La Maison des Amis des Livres, a livraria de Adrienne Monnier na rua do Odéon, em Paris, foi um importante ponto de encontro para muitos intelectuais da época, como Paul Valéry, André Gide, Jean Cocteau, André Breton, Walter Benjamin e James Joyce. Press kit: "Rua do Odéon" Rua do Odéon conta a história de uma livraria que serviu de polo cultural na França na primeira metade do século XX. Autobiografia de Adrienne Monnier traz também fatos e curiosidades a respeito de diversos intelectuais da época.

LIVROS RELACIONADOS