Entre o Estúdio e A Rua - A Trajetória de Vincenzo Pastore, Fotógrafo do Cotidiano

Entre o Estúdio e A Rua - A Trajetória de Vincenzo Pastore, Fotógrafo do Cotidiano - Beltramim,Fabiana | Hoshan.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Beltramim,Fabiana
DIMENSÃO
4,57 MB
NOME DO ARQUIVO
Entre o Estúdio e A Rua - A Trajetória de Vincenzo Pastore, Fotógrafo do Cotidiano.pdf
ISBN
3184550438312

DESCRIÇÃO

O fotógrafo italiano Vincenzo Pastore atuou em São Paulo de 1899 a 1918. Nesse período, sobreviveu e ganhou dinheiro com retratos comerciais produzidos em estúdio ao mesmo tempo que se interessava pelo registro do espaço urbano e de seus personagens. Dividia-se, portanto, entre dois mundos: o ateliê, no qual diferentes grupos se apropriavam cada vez mais da fotografia como forma de representação social, e a cidade em intensa transformação, habitada por homens e mulheres egressos da escravidão ou, como ele próprio, estrangeiros que imigravam em busca de uma vida melhor. O percurso trilhado pelo fotógrafo se entrelaça com o de suas imagens - grande parte delas reproduzida neste livro - numa investigação que, segundo Paulo César Garcez Marins (Museu Paulista-USP), apresenta a produção de Pastore como parte de uma inovadora história social do fazer fotográfico, tratando das relações da fotografia com as experiências sociais urbanas.

Projeto Memória FFCL-FFLCH/USP (Atendimento com hora marcada pelo e-mail [email protected]). Maria Aparecida Araújo Ferreira.

O fotógrafo italiano Vincenzo Pastore atuou em São Paulo de 1899 a 1918. Nesse período, sobreviveu e ganhou dinheiro com retratos comerciais produzidos em estúdio ao mesmo tempo que se interessava pelo registro do espaço urbano e de seus personagens. Entre o estúdio e a rua- A trajetória de Vincenzo Pastore, Fotógrafo do cotidiano ( Edusp, 2016) livro da paulista Fabiana Beltramim, a fotografia transita pela memória, pelo registro histórico, social e através das transformações urbanas inevitáveis pelas quais as cidades passam, principalmente as metrópoles como São Paulo, onde desembarcou em 1894 o italiano Vincenzo Pastore (1865 ... Funcionários.

LIVROS RELACIONADOS