As Cores da Memória - Retratos da Identidade Candanga

As Cores da Memória - Retratos da Identidade Candanga - Beú,Edson | Hoshan.org Leia o livro diretamente no seu navegador. Baixe o livro em formato PDF, TXT, FB2 em seu smartphone. E muito mais em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Beú,Edson
DIMENSÃO
10,39 MB
NOME DO ARQUIVO
As Cores da Memória - Retratos da Identidade Candanga.pdf
ISBN
7603939030050

DESCRIÇÃO

O autor, simples como a sua arte de fotografar, segue mais uma vez o seu instinto e vai direto ao assunto neste "As Cores da Memória", seu novo trabalho como sensível observador de nossa realidade. Primeiro foi a surpreendente incursão pela literatura com Expresso Brasília, em que refez a saga pioneira dos candangos que construíram a cidade. Agora ele parte para a crônica visual e lança um terno olhar sobre as coisas e os seres que flagrou postos em sossegado interregno da faina cotidiana, num "antigo" cenário brasiliense. Trata-se das vilas de madeira que surgiram ao redor do "plano piloto" quando da construção da capital e das quais só restam evanescentes lembranças ou escassos vestígios que escaparam da sanha do chamado progresso.

Trata-se de ferramentas que, ao serem analisadas em grupo, são formadoras de identidade, "pois o trabalho da memória é indissociável da organização social da vida." (POLLAK, 1989, p. 14.). Rosato acrescenta: "Ao fazer retratos dessa forma, o mapa torna-se tátil, uma delicada estrutura semelhante a pele, servindo como um sistema visual que imita a estrutura venosa do corpo humano.

Patrícia Cimino Cavalieri Brandão O narrador refere-se, sutilmente, à situação precária da sociedade, como por exemplo, à falta de gasolina, ao toque de recolher, à vigilância Sempre que vai apresentar Brasília a arquitetos brasileiros e estrangeiros, Sylvia Ficher começa o percurso por um lugar inesperado: o Museu Vivo da Memória Candanga.Por que ela, professora de arquitetura da UnB, orientadora de mais de duas dezenas de teses de mestrado e doutorado sobre Brasília, começaria o roteiro na cidade por um conjunto de barracos de madeira que um dia abrigaram o HJKO? XI Congresso Internacional da ABRALIC Tessituras, Interações, Convergências 13 a 17 de julho de 2008 USP - São Paulo, Brasil Memória, narrativa e identidade regional: um estudo sobre contadores de histórias do Alto Oeste potiguar Lílian de Oliveira Rodrigues1 UERN/PPGL Resumo: colocadas pela investigação inquirem sobre as relações entre memória e identidade no contexto da educação escolarizada, procurando analisar as conexões entre a memória da escola, as experiências dos alunos e o sentimento de pertença a uma instituição de ensino. A pesquisa atua em três frentes investigação: a construção de simbólico da família burguesa, que, diante do uso dessas imagens, evidencia a necessidade de perpetuar a memória da união conjugal, os valores atrelados a um tipo de identidade de vida voltado para homogenia e a relação heterossexual do casamento.

LIVROS RELACIONADOS