Cruzada em Jerusalém

Cruzada em Jerusalém Temos o prazer de apresentar o livro . em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em hoshan.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
DIMENSÃO
12,97 MB
NOME DO ARQUIVO
Cruzada em Jerusalém.pdf
ISBN
2113827959324

DESCRIÇÃO

Épico de guerra política, de paixão e fervor religioso, "Cruzada em Jerusalém" é ambientado na Terra Santa, no ano de 1187. O conflito mortal travado entre o Cristianismo e o Islã, disputando terras e cidades - e não apenas almas - é narrado com grande precisão histórica e riqueza de detalhes. Desde as primeiras cenas da milagrosa vitória do rei Balduíno na planície de Ascalão até os momentos finais da batalha de Hattin, Cecelia Holland traça um belo retrato dos envolvidos em ambos os lados da batalha: suas esperanças e medos, sua ardente fé religiosa, sua coragem diante da morte. Um painel grandioso de um dos momentos mais intrigantes da trajetória humana - as Cruzadas.

É por isso que, neste trabalho, levaremos uma análise em três momentos: um comentário sobre a historiografia relativa às Cruzadas; uma análise da historiografia do As Cruzadas foram uma série de guerras realizadas pela Igreja Católica entre os anos de 1096 e 1272 e que tinham como objetivo declarado a reconquista da Terra Santa - Jerusalém. Ao longo de 200 anos, foram realizadas 9 Cruzadas oficiais e duas extraoficiais. Os cruzados atacaram e tomaram a cidade de Damieta que servia de acesso a capital Cairo em 1219 o reino muçulmano entrou em crise e decidiram que trocariam Damieta por Jerusalém porém os cruzados não aceitaram e continuaram a investida contra a capital no mesmo ano não sabendo que os muçulmanos iriam interceptá-los e assim abriram as eclusas dos canais de irrigação e inundou todo o exército, em 1221 os cruzados entregaram Damieta e voltaram a Acre. SEXTA CRUZADA (1228-1229) Em 1228, Frederico II, imperador da Alemanha, chegou à Terra Santa e, por casamento, tornou-se rei de Jerusalém, negociando a recuperação do controle sobre a cidade.

Assim, a primeira Cruzada partiu em 1096 para Jerusalém, no Oriente Médio, região do nascimento de Jesus, considerado lugar sagrado pelos cristãos. Por Tiago Ferreira da Silva Durante a época das Cruzadas, cristãos e muçulmanos entraram em conflito pela disputa territorial da chamada Terra Santa, situada em Jerusalém. Tristes relatos de batalhas violentas de ambos os lados eram passados de gerações em gerações, alimentando o ódio entre as duas religiões. Em 1189, Jerusalém foi retomada pelo sultão muçulmano Saladino.

LIVROS RELACIONADOS